EU SOU ANORMAL!

Sobre ser ANORMAL.

Semana passada na inauguração linda de nosso novo Espaço Viver Bem Viver Zen, na Casa 3 Atelier Coletivo, rolou muito papo bom... recebemos muitas visitas, muitos abraços e muitas felicitações... mas não eram de veganos, pois não trabalhamos exclusivamente para veganos. Trabalhamos para todos que se admiram com o que é belo, para aqueles que se preocupam com sua saúde, para os que estão na eterna busca da qualidade de vida, de uma slowlife... para quem faz yoga e ama um incenso ou uma roupa confortável... São tantos para quem trabalhamos... e ainda tem os amigos... aqueles que torcem para o que fazemos dê certo, mesmo que não compartilhem de nossa filosofia de vida, compartilham do querer bem e do sucesso. Já no final de nossa noite... depois de todo aquele toró de de compartilharmos um espaço mínimo e bem acolhedor uma das crianças que estavam conosco na celebração começou a me perguntar se minha filha comia ovo... eu disse que não... então me perguntou se ela comia queijo e eu também disse que não... a criança fez uma cara feia e me perguntou se eu comia ovo, queijo, leite, peixe... não, não e não eu respondi... a carinha dela ficava cada vez mais engraçada, com uma estranheza às minhas respostas que não cabia mais nela e então ela disse "Eca... Credo... eu jamais vou parar de comer ovo... eu prefiro ser normal!

Eu primeiro rí muito e depois disse a ela que estava ofendida por ser chamada de ANORMAL...

Ela ficou ainda mais confusa, talvez porque não me achava anormal, mas simplesmente se achava normal... mas se eu tinha hábitos opostos ao normal, sim... ela me chamava de anormal.

Tudo ficou leve, cheio de risos e a diversão continuou... mas vamos aproveitar para pensar sobre o assunto... eu também por mais de 40 anos achei normal comer derivados animais e disse várias vezes que JAMAIS deixaria de comer queijo... e olha só eu agora... sem queijos, sem leite, sem ovos, sem carnes, sem doenças, sem desenvolvimento dos meus tumores, sem intestino inflamado, sem muco, sem alergias, sem nada que encurte minha vida...

Estamos aqui para viver o que temos que viver... mas vale à pena dar uma forcinha ao Criador mantendo em boa forma a máquina linda que ele deu a cada um de nós para a passagem aqui nesta Terra, não acham?!

E complementando... não é apenas o que tiramos de nosso cardápio, mas o que colocamos. O glúten é tão danoso à nossa saúde quanto os derivados animais, assim como o açúcar (principalmente o branco)... e a ingestão de verduras e legumes é capaz de nos fornecer TUDO absolutamente tudo o que precisamos para ter uma saúde perfeita.

Vejo mães obrigando crianças a comer carne... mas não as vejo insistindo para que comam a cenoura, ou a couve quem dirá o inhame.

Hoje a ANORMAL vem aqui pedir que façamos uma reflexão sobre nosso propósito de vida... sobre o que é neste momento #viverbem e o que pode vir a ser.

Nossa mudança não é pelo outro... a minha não é nem mesmo pelo animal em primeiro lugar. Minha mudança é por mim, pelo meu amor ao Criador e então aos seres por ele criados... Respeitar a nós mesmos é o maior sinal de amor que podemos ofertar ao planeta, o restante vem através deste amor.

Beijo na alma Chrís Trëmtin

16 visualizações0 comentário

Galocha Vermelha - por Chrís Trëmtin                                     galochavermelha@gmail.com

Todos os direitos reservados à Galocha Vermelha

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Pinterest